Formas de combate. Resultados da pesquisa!

Na minha pesquisa, perguntei quais formas de combate os jogadores acham interessantes, com a possibilidade de múltiplas respostas.

O Rota da Civilizações usa um modelo intermediário entre os dois tipos mais votados.
Praticamente todo jogo que envolve combate tem um sistema próprio de resolução: não lembro de ver dois iguais.

Teve gente que reclamou (mas não a maioria) do sistema de combate do Civilization de 2010. Eu o acho excelente. Não só pelo que ocorre no próprio momento do combate, mas pelo modo como ele se encaixa em todo o jogo. Esse é um aspecto muito importante que precisa ser considerado. No sistema do Civ-2010, você já sabe as cartas que tem para jogar, portanto pode reconhecer se está realmente preparado para um combate. Dessa forma, sabe se deve evitar um confronto ou se preparar melhor para ele! É bastante estratégico. O momento do combate também proporciona escolhas interessantes: qual carta usar em cada turno, em qual frente e com qual eventual poder.

O modelo que estou desenvolvendo ainda precisa de testes, mas estou me esforçando para integrá-lo ao contexto do jogo e deixá-lo mais estratégico. No jogo, você tem uma mão inicial de 4 cartas básicas de ações. Você ganha uma carta a mais para cada cidade que funda, e também pode obter mais uma ou outra carta por meios alternativos. Todas essas cartas, além de desempenhar certa ação, podem ser usadas em combate. Ao usar uma carta, porém – por qualquer meio –, ela fica “congelada” no turno seguinte e, por isso, não há como usar força total de forma seguida e ilimitada. É preciso moderar.

Será possível fazer ataques a distância ou ataques de invasão. Nos ataques a distância, você não corre risco de sofrer danos, mas não inflige muitos danos ao exército adversário e não pode invadir. Nos ataques de invasão, o adversário pode bater em retirada para evitar desnecessário derramamento de sangue. Acho que esse sistema dá escolhas interessantes para os jogadores e permite um bom desenrolar da partida.

No atual estágio, existe um painel de combate para o ataque de invasão, onde os jogadores posicionarão suas cartas de forma secreta. Dependendo da posição colocada, uma carta pode valer como infantaria, cavalaria ou anticavalaria. O resultado é dado por pontos totais, mas existem também danos especiais conforme a posição: se eu uso uma cavalaria e você uma infantaria, dou um dano extra. Futuramente colocarei imagens e darei uma explicação mais precisa.

Na pesquisa, conforme eu até esperava, o resultado menos aceitável pelos jogadores era a opção “rolagens de muitos dados”, com apenas 19,6%, e em penúltimo o “totalmente determinístico”, aceitável para 32%. O que melhor descreve meu sistema teve 51%, mas também uso “modificadores”, elemento do sistema mais votado, com 75,8%.

Nenhuma opção teve perto de 100% de aceitação. É impossível agradar todo mundo! :-)

Deixe seus comentários e perguntas abaixo. Seu pitaco é muito útil!

[Foto criada por standret.]

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *